20 outubro 2011

Quebrando o Tabu



Sinopse: Há 40 anos os EUA levaram o mundo a declarar guerra às drogas, numa cruzada por um mundo livre de drogas. Mas os danos causados por elas nas pessoas e na sociedade só cresceram. Abusos, informações equivocadas, epidemias, violência e fortalecimento de redes criminosas são os resultados da guerra perdida numa escala global. Num mosaico costurado por Fernando Henrique Cardoso, "Quebrando o Tabu" esculta vozes das realidades mais diversas do mundo em busca de soluções, princípios e conclusões. Bill Clinton, Jimmy Cartes e ex-chefes de Estado, como da Colômbia, do México e da Suíça, revelaram porque mudaram de opinião sobre um assunto que precisa ser discutido e esclarecido. Do aprendizado de pessoas comuns, que tiveram suas vidas marcadas pela Guerra às Drogas, até experiencias de Drauzio Varella, Paulo Coelho e Gael Garcia Bernal, "Quebrando o Tabu" é um convite a discutir convite a discutir o problema com todas as famílias.

De inicio gostaria de falar que o documentário é ótimo, fantástico e vale a pena vocês assistirem. Mas o meu foco hoje é falar sobre a legalização e descriminalização da maconha em especifico que é o que posso dizer que conheço mais a base disso tudo, a maconha deriva de uma planta chamada Cannabis Sativa, que por sua vez origina o cânhamo que é a fibra da planta que produz tecidos de roupas, papeis, alimentos, dentre vários itens gerados pela fibra do cânhamo, a maior produção da planta vinham do México, e era algo bom que também era acessível para todas as classes sociais da época, foi então que entrou os EUA do qual tinha um empresário muito importante(do qual eu não consegui lembrar e nem acham mais o nome dele, mas se não me engando é Herry alguma coisa) esse empresário estava tendo seus negócios falidos devido a comercialização do cânhamo, foi então que ele resolveu ir há mídia e divulgar que maconha matava e fez com que todas as plantações na época fossem queimadas, desde então foi declarada a guerra à maconha, a planta produz uma substancia chamada de THC da qual falam que é o principal responsável pela parte alucinógena da erva. Foi assim que desde então vem sendo criados mitos sobre o uso da mesma, vou falar aqui um pouco da minha vivencia com a mesma e como as verdades foram aparecendo, quando criança por ser de igreja eu acreditava que maconha matava, foi quando descobri aos 14 anos que meu primeiro namorado fazia apologia à droga e fiquei desesperada confesso, pois não sabia o que fazer, ele não assumia, mas eu fui descobrindo, chegou ao ponto que eu não aceitava de forma alguma porque isso iria fazer mal de verdade a ele, ele teria doenças serias e todas essas coisas e ele começou a usar escondido de mim, então eu fui me deixando levar, mas nunca aceitei, então como ele fazia escondido eu fui atrás de como a pessoa ficava quando tava muito doido como eu dizia na época, e foi então que passei a descobrir que todos os meus melhores amigos da época fumavam ou já tinham fumado maconha e fui vendo com eles que as coisas não eram bem como eu pensava, foi quando eu passei a conhecer não só como o pessoal reagia a droga como conhecer o mundo que eles conseguiam a droga e quando passei a viver literalmente no mundo deles, como eu nunca tive muito preconceito com nada passei a levar aquilo como normal mas sempre com um pé atrás pois como eu era muito presa em casa tudo tinha que ser escondido e se mainha descobrisse me faria acabar o namoro, então foi quando começaram a falar que eu fumava maconha, só por eu estar no meio deles, com um tempo acabei meu namoro e passei a andar mais ainda nesse meio e ver mais mitos, como me falavam que a maconha é a porta de entrada pra outras drogas, quando eu vi que não era, quem é a porta de entrada pra outras drogas é o traficante que tem todas as drogas e querendo ganhar dinheiro oferece a mesma para as pessoas, mas conheço diversas pessoas que usa apenas maconha e não usa outras drogas, porque conhece o meio também, acho que se a droga fosse regulamentada as pessoas procurariam a droga em cantos que não tem outras drogas e não usaria os outros tipos de alucinógenos, assim como o governo estaria abrindo portas para as pessoas se tratarem se a tratassem como uma pessoa que precisa de ajuda e não como um doente...Passei a ver também se a droga está no trafico isso leva com que outras pessoas virem traficantes, se existe uma boca de fumo da qual a policia está sempre em cima, e 10 pessoas vão na mesma pegar a massa é mais arriscado do que ir uma só e essa uma só vai ver com o tempo que se ela vendo um pouquinho mais caro pra os outros 9 ela leva o seu meio que de graça... Passei a ver também que o método de ser preso por estar com a droga é uma medida extremamente errada, pois a lei fala que as pessoas pegas com drogas não são presas mas a lei não determina a quantidade que leva a pessoa a ser usuário ou traficante deixando a escolha do juiz, então se uma pessoa vai numa boca de fumo pegar seu pedacinho e a policia a pega ela pode ser presa como traficante pois vale mais a pena se arriscar e pegar um pedaço grande do que ir sempre pegar um pequeno então essa pessoa que é usuário e vai pra cadeia ela vai aprender muito mais lá dentro, pois vai sair com fontes novas, vai com todas certeza usar drogas novas pois uma outra verdade que não adianta ser escondida é que nas cadeias tem sim drogas, então como falamos aqui a cadeia é uma espécie de faculdade do crime pois um usuário vai ter contato com ladroes experientes, com traficantes de primeira, assassinos, e isso levará ele a conhecer todos os meios da violência. E hoje acredito que o álcool e cigarro que são muito mais ofensivos são legais, pois o governo ganha em cima disso, assim como o governo ganha em cima das drogas não licitas através do contrabando, existem grandes chefões do crime hoje entrando para a politica e sendo eleitos.

Então peço a vocês antes de tudo conheçam as verdades e não aceite apenas os mitos, não se sintam satisfeitos com a mentira, pois por trás de tudo existe uma mídia que ganha para continuar te iludindo, vá você mesmo atrás das suas verdades e forme uma opinião sua, fala como eu que vi que não era verdade aquilo que me diziam e fui atrás, pois eu digo que sou a favor da descriminalização da droga, nunca precisei usa-la para ter minha ideia do que ela faz, mas repito a frase de Paulo Coelho no filme, não diga que a maconha mata, pois não mata, se você diz a seu filho que mata quando ele fumar um baseado ele vai ver que é mentira e deixar de acreditar em você, mas diga que maconha é ótima, que na verdade é, mas ela te tira à coisa mais valiosa para você, ela te tira o seu direito de escolha.

Aqui eu vou colocar pra vocês uns vídeos que eu achei no tempo e que são ótimos para você entender como funcionou essa criminalização.







O a parte 1 foi bloqueada, mas vejam as outras que vale a pena, espero que tenham gostado ;D


Beijinhos ;*



13 comentários:

PuZzle disse...

Oi,Raquel (tem o mesmo nome da minha irmãzinha). Adorei o post. Já havia lido sobre esse documentário. Agora já sei onde posso assisti-lo sem precisar baixar. Sucesso no Blog. PuZzle: http://sirmaxximizze.blogspot.com/

Raquel Larissa disse...

Mas aqui no blog não tem o documentario, esse é outro...O de GRASS A verdade que poucos sabem e muitos deveriam saber é totalmente diferente do Quebrando Tabu...

Sandro Mangueirense disse...

Nossa, show de bola essa postagem, sua resenha e os vídeos. Assunto mais que pertinente, e que deve ser tratado não apenas como uma questão panfletária, pura e simplesmente, mas com conhecimento de causa...

Muito bom!

http://estacaoprimeiradosamba.blogspot.com/

Raquel Larissa disse...

É e esse é um assunto que hoje em dia todos devemos nos interessar, se não tem nada haver na sua vida hoje, amanha pode ter...

Anderson J. disse...

Muito bom o post, ta ai um assunto bem polêmico!

comenta la?
errosxacertos.blogspot.com


obrigado, beijos!

Lucas Adonai disse...

Um assunto polêmico como mamilos lol

Millena Bezerra disse...

Seguindo aqui. Segue de volta? http://amorporclassico.blogspot.com

Gostei da sua forma de abordar o tema embora o texto tenha sido enooorme. Você gosta de literatura?

Raquel Larissa disse...

É confesso que me empolguei um pouqinho falando sobre esse assunto ;/ E gosto sim, porque?

Tαtαh disse...

Ótimo post.. tema mto polêmicoo!!!!

Blog Atualizadoo!!! Dá uma passadinha lá, vs vai adoraar!!!
http://echidellanima.blogspot.com/

Lucas Nuti disse...

Caralho, garota, vc saiu da caverna e escreveu um texto belíssimo sobre isso! Há mais ou menos uma semana eu escrevi sobre a mesmíssima coisa, com os mesmos argumentos sobre a mídia e o governo. Só que eu não sabia da história desse tal Henry, isso me enriqueceu de verdade.

Ta aí um post que vale muito a pena ler num blog!
Adorei de verdade.



http://alteregodonuti.blogspot.com/

Raquel Larissa disse...

Obrigada Nutri...
Eu também tinha lido teu post já...
E foi muito bom, tava me segurando a muito tempo pra fazer esse post mas depois do documentario n tinha como não fazer...
E brigada ;D

Beijos...

bruna psyco disse...

ai vi seu blog numa comunidade de divulgaçao de blog's

valew meu click seu blog e mt bom

huaha
to seguindo

acessa o meu la depois
e segue tb se vc gostar

acessa ai

http://www.iubdeds.com.br

------------

°°°IUBDEDS°°°

Jair Freire disse...

Raquel!!!O seu blog é maravilhoso...adorei mesmo e é claro que estou seguindo!!! Eu vi a divulgação que você fez no Orkut e aguardo sua retribuição no meu também. Afinal, um ajuda o outro... Pensamentos de minha autoria e de outros autores http://jairfreire.blogspot.com/

Postar um comentário